Diamantes da cozinha

Diamantes da cozinha

De tão apreciadas, as trufas foram comparadas à pedras preciosas por Brillat-Savarin, autor do livro Fisiologia do Gosto, no século 19

Raras, delicadas e com poder de seduzir até os paladares mais exigentes, as trufas têm realmente muito em comum com os diamantes, além da vantagem de serem comestíveis. Mas o que as faz tão especiais? Bem, todo esse prestígio se deve a seu sabor, é claro, mas também à dificuldade de encontrar ou cultivar essa iguaria. 

As trufas nascem embaixo da terra, nas raízes de castanheiras, carvalhos e aveleiras. Por isso, para realizar sua colheita, ou, melhor dizendo, sua caça, é necessário um olfato apurado para além das habilidades humanas. Antigamente, porcos eram escalados para realizar essa tarefa, mas, como não eram bobos nem nada, comiam os tais cogumelos. Daí, passou-se a treinar cães farejadores, e hoje são eles que ajudam na busca pelas bolotas. Mas, ainda assim, é preciso que a equipe aja rapidamente, pois se titubear, eles também abocanham a iguaria.

 

Gostou?
Salve esta materia e compartilhe:

Você pode gostar também:

  • Cadastrar-se
Perdeu sua senha? Por favor, digite seu e-mail. Você receberá um link para criar uma nova senha via e-mail.