Na despensa

por Tá na Mesa

Os cozinheiros apressados precisam se planejar muito bem. Afinal, cada minuto conta na hora de preparar a refeição do dia a dia. Mas a partir de uma boa seleção de ingredientes, é possível se virar bem na cozinha. Reunimos algumas sugestões, que não podem faltar na sua despensa e na geladeira.

Especiarias
A comida pode até ser de fácil preparo, mas nem por isso precisa ser insossa. Para trazer mais sabor, invista em especiarias como pimenta-do-reino, curry, páprica, pimenta-síria, noz-moscada, lemon pepper e pimenta-calabresa. Sem dúvida, o sabor está garantido.

Massas
As massas de grano duro são versáteis e facilitam bastante o preparo de uma refeição (quem está com saudades da mesa Massas e Molhos levanta a mão!). Para se ter uma vida saudável (ou seja, esqueça o macarrão instantâneo), invista nas versões integrais. Mas também vale comprar massas à base de arroz como o bifum, por exemplo, que só precisa hidratar. Uma mão na roda, hein?

Enlatados
Nem sempre os enlatados são a melhores alternativas quando o assunto é alimentação saudável. Mas nem tudo que se encontra nas gôndolas é processado, com uma série de conservantes e aditivos. As exceções ficam por conta do tomate pelado e da passata. A partir deles é possível preparar aquele molho prático, que vai bem na massa do dia a dia e, também, é base da shakshuka - ovos cozidos em molho de tomate (confira a receita aqui). Outro enlatado que é uma mão na roda é o atum (prefira as versões em óleo, que tem maior concentração de vitamina D e ômega-3), que pode ser consumido em saladas e sanduíches.

Cereais
Além do arroz branco de todo dia, é possível apostar em cereais mais nutritivos como a quinua. Versátil, o grão pode ser cozido em água ou em caldo e fica pronta num piscar de olhos. A semolina de trigo, que serve como base para o couscous marroquino, também é muito fácil de preparar: basta hidratar em água quente que está pronto.

Leguminosas
Para agilizar a refeição do dia a dia, sempre é bom ter feijão e grão-de-bico cozidos em casa. O ideal é aproveitar aquele dia em que se tem mais tempo na cozinha e deixá-los no congelador – o melhor amigo do cozinheiro ocupado. Só não pode esquecer de transferir o recipiente para a geladeira pela manhã, antes de sair para o trabalho #ficaadica. Também vale investir nas versões prontas, que são embaladas à vácuo.

Caldos
Os caldos caseiros trazem sabor e, também, são bem versáteis. Quando tiver aquele tempo extra na cozinha, prepare em grande quantidade e congele. Mas se quiser uma solução mais rápida, existem alguns caldos em pó sem glutamato monossódico, sem gordura ou conservantes. É o caso do rôti de carne Chef, da Nestlé, que é um caldo de verdade, só que desidratado.

Farináceos
As farinhas são sempre um coringa na cozinha. Enquanto a de trigo pode servir para espessar molhos e preparar sobremesas, a farinha de mandioca pode ser utilizada para o preparo de farofas rápidas, que são um excelente acompanhamento para diversos pratos. Já a tapioca faz a alegria do café da manhã, mas também serve como base da crepioca (veja a receita aqui), que de acordo com o recheio também pode virar um jantar rápido.

Gorduras
Para refogar, saltear e finalizar, é preciso de uma gama de óleos em casa. Invista num óleo vegetal, mais neutro, para iniciar a cocção de qualquer receita. Já a manteiga também é uma ótima alternativa e confere sabor aos pratos. Já o azeite extravirgem pode ser utilizado para cozinhar e finalizar diversas receitas.

assine a nossa newsletter: