Escondidinho de Abóbora Escondidinho de Abóbora

Escondidinho de Abóbora

 Médio
  2 hora(s) 30 minuto(s)
  10 porções

Escondidinho de Abóbora

 Médio
  2 hora(s) 30 minuto(s)
  10 porções

Ingredientes

MOLHO DE TOMATE CASEIRO
2 kg de tomate Débora maduro ou qualquer outra variedade, cortado em 4
1 cebola grande (180 g), cortada em 4
1 cenoura média (140 g), com casca, em rodelas
2 dentes de alho (10 g), esmagados
3 colheres (sopa) (45 ml) de azeite de oliva ou óleo de coco
sal marinho fino a gosto

LEITE DE COCO
250 g de polpa de coco fresco (verde ou maduro)
3 xícaras (720 ml) de água filtrada

BIOMASSA DE BANANA VERDE
15 bananas-nanicas verdes com casca (2,25 kg), ou quantas couberem em sua panela de pressão
3 a 4 litros de água ou quanto baste

ESCONDIDINHO
500 g sobrecoxa ou peito de frango
1   2/3 colher (sopa) (10 g) de curry, ou a gosto
1 limão Taiti (80 g)
1  1/3 colher (sopa) (20 ml) de azeite de oliva extravirgem,  manteiga clarificada ou óleo de girassol
1 litro de água
400 g de abóbora japonesa ou batata-doce
1/2 cebola média (80 g), picadinha
1 dente de alho pequeno (3 g), amassado ou picado
1 colher (sopa) (3 g) de salsinha picada
sal marinho fino a gosto

Passo a Passo

MOLHO DE TOMATE CASEIRO
1) Espalhe tudo numa assadeira, polvilhe um pouco de sal, regue com azeite e leve ao forno preaquecido a 150°C por cerca de 50 minutos.
2) Retire do forno e bata aos poucos no liquidificador.
3) Separe 200 g do molho para usar no escondidinho e divida o restante em potes adequados para congelamento.
4) Deixe esfriar e guarde os potes na geladeira por até 5 dias ou no freezer por até 3 meses.
5) Dica 1: você pode aproveitar aqui o miolo dos tomates usados para fazer tomate seco.
6) Dica 2: guarde as cascas dos legumes, depois de higienizados, para fazer um caldo.
7) Dica 3: se quiser, adicione 50 g de beterraba aos ingredientes.

LEITE DE COCO
8) Coloque no liquidificador a polpa e a água e bata até que fique bem cremoso.
9) Se você optou por utilizar a polpa do coco verde, vai perceber que ela se dilui na água, de modo que não será preciso coar.
10) Se utilizar o coco maduro, coe num coador de voal ou numa peneira forrada com um tecido branco de trama fina (semelhante a uma fralda). Reserve este tecido exclusivamente para isso.
11) Separe 100 ml para usar no escondidinho e guarde o restante na geladeira por até 3 dias ou no freezer por até 3 meses. Neste caso, deixe descongelar à temperatura ambiente e depois bata no liquidificador.
12) Dica: a parte sólida do coco maduro que ficou retida no coador pode ser colocada numa assadeira, levada ao forno a 160°C para secar e usada em receitas de bolo, tortas e granolas.

BIOMASSA DE BANANA VERDE
13) Tire as bananas uma a uma da penca, cuidando para fazer um corte bem limpo, de modo que nenhuma parte interna da banana sofra contaminação no momento do cozimento. Depois lave bem as bananas uma a uma.
14) Coloque água na panela de pressão até metade de sua altura e leve para ferver.
15) Quando a água estiver em fervura plena, formando bolhas grandes, coloque as bananas, quantas couberem em sua panela. É muito importante que a água esteja fervendo, pois o choque térmico faz parte do processo, e que as bananas fiquem completamente submersas na água.
16) Tampe a panela e, quando começar a ouvir o barulho mais alto da pressão, conte 8 minutos e desligue. Deixe que a pressão saia naturalmente da panela, não acelere o processo por enquanto nem tente abrir a panela. Fique atento, pois a pressão precisa sair em 20 minutos. Se a panela não eliminar toda a pressão nesse tempo, então você pode forçar sua liberação.
17) Destampe a panela e retire e descasque as bananas ainda quentes. Tome cuidado, pois estarão realmente quentes, mas é preciso que seja assim para facilitar o processo.
18) Coloque as bananas no liquidificador e bata, juntando um pouco de água filtrada se necessário, até obter um purê bem liso.
19) Separe 200 g da biomassa para usar no escondidinho e guarde o restante na geladeira por até 5 dias ou no freezer por até 3 meses. Para descongelar, coloque a biomassa congelada numa panela com um pouquinho de água e leve ao fogo baixo, mexendo sempre.
20) Dica 1: ao ser cozida, a banana libera uma substância que forma uma nódoa na panela. Para que sua panela não fique grudenta, junte um fio de azeite à água antes de fechar a panela.
21) Dica 2: a banana verde é excelente fonte fibra, e, como nessa fase os amidos ainda não foram completamente transformados em frutose, a massa de banana tem sabor neutro, o que permite utilizá-la em preparações doces e salgadas.

ESCONDIDINHO
22) Tempere o frango com sal a gosto, o curry e o suco do limão e deixe marinar por no máximo 30 minutos. Se ultrapassar esse tempo, a carne perderá suculência.
23) Leve a panela de pressão ao fogo alto e, quando ela estiver bem quente, junte 1 colher (sopa) de azeite e doure o frango de todos os lados.
24) Acrescente 500 ml água, tampe e cozinhe, na pressão, por 20 minutos.
25) Retire a pressão, deixe o frango amornar e desfie.
26) Em outra panela, cozinhe a abóbora na água restante por 15 minutos, ou até ficar macia, escorra e amasse para obter um purê.
27) Em outra panela, aqueça o azeite restante e refogue a cebola e o alho.
28) Junte o frango desfiado, 200 g do molho de tomate, 200 g da biomassa de banana e 100 ml do leite de coco, acerte o sal e espere apurar um pouco.
29) Num pirex, coloque uma camada com metade do purê de abóbora, espalhe o frango por cima e finalize com o restante do purê.
30) Leve ao forno preaquecido 180°C por 10 minutos para gratinar.
31) Retire do fogo, salpique a salsinha e sirva em seguida.
32) Dica 1: se quiser, faça uma camada de mussarela ralada por cima de tudo.
33) Dica 2: você pode trocar o frango por músculo bovino e também pode congelar o escondidinho por até 3 meses.